Os falsos anúncios dos blogues II

nesta entrada que publiquei dois erros de análise. O primeiro é um erro grosseiro da minha parte: obviamente que o Google não vai desvalorizar os (enlances dos) blogues, ao contrário do que escrevi em adenda. Os motores de pesquisa vão atrás de padrões, hão-de refinar o seu algoritmo para ir ao encontro deste tipo de publicidade, da mesma forma que estão a identificar os anúncios tipo text-link-ads que passavam por enlances orgânicos e muito do spam. E, acrescento, a manterem-se os 3 enlances por entrada nas entradas pagas não será muito dificil…

O segundo erro é mais subtil: ao mesmo tempo que lhes despi a máscara de anunciantes (como se isso não fosse evidente) e apresentei o blogsadverts enquanto programa de compra de enlances, fiz-lhes o julgamento como se eles estivessem realmente à procura de marketing viral e à espera de testemunhos coloridos para vender o produto do cliente. Mas aqui o erro é da empresa, porque é essa a mensagem que tentam passar em termos bastante incertos e que, tal como escrevi nos comentários à resposta do Paulo Querido, não me inspira confiança e por isso não vale o meu tempo. Uma impressão corroborada pelos exemplos que entretanto vão aparecendo:

But then they changed the rules so companies could specify that the post must be positive and the blogger could not mention that he was getting paid. PayPerPost Update [via]

O Payperpost é o programa pioneiro de anúncios em entradas e esse sim, procura criar conversasões nos blogues (sendo os enlances um subproduto dessas conversas), e que pelos vistos não podem ser negativas ou abertas. Pode ler mais aqui e aqui, só para citar alguns. Absolutamente inaceitável, o que não é dizer que o blogsadverts vá pelo mesmo caminho.

Talvez um dia venha a aderir a um destes programas, desde que me o programa dê garantias, algumas liberdades e me permita marcar uma linha divisória clara sem que sinta a necessidade constante de vereficar as minhas coordenadas.

8 Responses to “Os falsos anúncios dos blogues II”


  1. 1 Rui MCB Agosto 12, 2006 às 12:22 am

    A despropósito, hoje ouvi o hino da Finlândia pela 1ª vez. Minúsculo, não?

    P.S.: Ainda estou à espera (sentado) do 1º desafio do blogadvertise.

  2. 2 aNtónio Agosto 12, 2006 às 12:32 am

    Escreve um blogue (ou abre uma secção/categoria) exclusivamente em inglês. Edita a entrada em que mencionaste o blogadvertise e inclui no texto ancora o texto que encontras no titulo do site e/ou de uma segunda pagina principal.
    Depois nao te esqueças de partilhar😉

  3. 3 Rui MCB Agosto 12, 2006 às 12:47 am

    Categoria em inglês já tenho desde ontem🙂

  4. 4 aNtónio Agosto 12, 2006 às 12:53 am

    Estás no bom caminho. E a aprender depressa 8)

  5. 5 Paulo Querido Agosto 12, 2006 às 12:55 am

    Estou como o Rui: espero (sentado) o primeiro desafio. Também começo a desconfiar, mas aguardo mais umas semanas.
    Quanto ao resto: é mais fácil identificar spam, é mais difícil identificar links pagos. Nada me impede de incluir links pagos na minha blogroll.
    Caro António, porque o há-de querer fazer a Google Inc (e os outros, recordo que o Google tem metade do mercado, o que significa que há outra metade)? Os links pagos são um negócio como a publicidade, legal e legítimo.
    Para mim, ao contrário do Blogsvertise o PayPerPost tem condicionantes ética e pessoalmente inaceitáveis.

  6. 6 aNtónio Agosto 12, 2006 às 1:05 am

    O Google Inc há uns meses reconheceu que esses programas desvirtuam os rankings. Há uma area próxima, o dos directorios da internet – que em muitos casos pouco mais são do que meros linques pagos e que parece ser tolerada pelos SEs (motores de busca).
    Tenho para mim que há aqui uma componente de investimento – por link. Se eu criar um avatar num forum e postar segundo as regras do mesmo (incluindo uma assinatura), se eu abrir 2-3 blogues e os mantiver activos, se eu comprar um link ao Paulo e outro ao Rui estou a trabalhar no sentido de promover o meu blog, e os SE deixam passar.
    Ja se eu comprar de uma so vez uma data de anuncios numa rede de blogs que poucos veem, fizer spam, comprar links por atacado ou outro tipo de acção por volume estou a tentar driblar os SEs…É só uma teoria.

  7. 7 Paulo Querido Agosto 12, 2006 às 3:03 pm

    Também separo o investimento em links (negócio limpo) de spam e retorcimento dos SE. Agora, como passar isso para algoritmos que permitam ao Google “saber” which is which?

  8. 8 aNtónio Agosto 12, 2006 às 11:34 pm

    Se eu soubesse a resposta estava agora em Montain View😎


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




News Feeds

a

Calendário

Agosto 2006
M T W T F S S
« Jul   Set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Estatística

  • 2,012,828 hits

%d bloggers like this: