Da série “estava na casa de banho e saiu isto”

Quem não tem Gato* caça com Eduardo:

Um “escolhido” vivo pode, de hoje para amanhã, trair a pátria, abusar do poder, matar o vizinho, ser eleito presidente de algum grande clube de futebol ou cometer outro crime do género.

Em resumo, neste programa escolhe-se entre os portugueses “mais conhecidos” de sempre, seja o Afonso Henriques que bateu na mãe ou o José Castelo Branco que casou com ela.

Eduardo Cintra Torres sobre os “Grandes Portugueses”, na sua coluna de hoje.

* Ver artigo.

1 Response to “Da série “estava na casa de banho e saiu isto””


  1. 1 Português näo-tuga Novembro 6, 2006 às 5:40 pm

    Näo há outro: o (porventura único) “GRANDE” português foi o rei D. Joäo II – o cérebro do apogeu português no Mundo.

    Inteligente, convenceu os papalvos reis católicos de que näo sabia da existência do Brasil, e que de Tordesilhas o pedaço da América do Sul que nos calhou em parte foi só coincidência…

    Espertalhäo, foi ele quem conseguiu casar o filho com a herdeira da coroa de Castela-Leäo, mas os “tugas” mataram-lhe o filho…
    matando assim a uniäo da Península e com ela a esperança de uma potência mundial sob domínio de um rei português.

    Infelizmente, ao apogeu de Portugal seguiu…
    o que ainda temos hoje!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




News Feeds

a

Calendário

Novembro 2006
M T W T F S S
« Out   Dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Estatística

  • 2,012,784 hits

%d bloggers like this: