À confiança

Foi às compras num mercado de importadores que se realiza duas vezes por ano e limpou a carteira num instante. Queria mais umas coisas, dinheiro não havia, Visa não funcionava. Trouxe o que queria e uma conta para as pagar em casa por tranferência bancária.

Não é tanto que as pessoas sejam mais honestas que os portugueses, antes a existência de fortes mecanismos de coação social e legal ao pagamento que reduz o risco para o credor.

3 Responses to “À confiança”


  1. 1 Serranho Março 27, 2007 às 11:54 am

    … e há mais: não há o chico-espertismo de tentar verificar se afinal esses fortes mecanismos säo ou näo assim täo fortes!

    Como é bom viver neste país! Enquanto houver sol de Veräo, neve de Inverno, e comida tuga no frigorífico/congelador…

  2. 3 aNtónio Abril 1, 2007 às 10:57 pm

    E sobretudo sol, meu caro😉


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




News Feeds

a

Calendário

Março 2007
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Estatística

  • 2,012,828 hits

%d bloggers like this: