Seja limpo ou pisgue-se

O cap pergunta-me pelo já famoso cartaz de Ponte de Lima: Em Ponte de Lima seja limpo ou vá-se embora. A um lisboeta ou doutor coimbrão a mensagem pode soar um pouco rude, mas as gentes do norte, particularmente as do Alto Minho, são habitualmente mais frontais do que as do resto do país, podendo facilmente ser interpretadas como rudes.

Cartaz do lixo em ponte de lima

O aparente autoritarismo da mensagem, emanado de uma autarquia de direita (Daniel Campelo) já lhe valeram epítetos de xenófoba (por exemplo, aqui, onde de resto colhi a imagem que publico) e comparações ao famigerado cartaz do PNR.

Fossem outros o tempo e as cores da autarquia e o cartaz seria provavelmente equiparado às acções de intervenção de certos movimentos na órbita do PCP e Bloco de esquerda, que me parecem comparações mais acertadas. O marketing social das nossas vilas, cidades e aldeias está cheio de apelos à civilidade que são prontamente ignorados por todos. Quem não conhece as praias fluviais a montante da vila (falo da Ribeira e Arcozelo) não sabe as quantidades industriais de lixo que o português deixa para trás num dia de praia – verdade seja dita que os caixotes do lixo não abundam, o que não serve de desculpa, mas é responsabilidade da autarquia.

A campanha choca e conseguiu colocar Ponte de Lima no mapa mediático. Não acredito que a vila deixe de receber visitantes por causa dos cartazes, o português típico lê e concorda imediatamente “que os outros deixam lixo, eu cá sou asseado” mas tenho as minhas dúvidas que leve mais turistas ao concelho. E quanto à linguagem utilizada, não sendo a mais polida, consegue os seus objectivos, chamar à atenção.

7 Responses to “Seja limpo ou pisgue-se”


  1. 1 cap Abril 11, 2007 às 12:47 am

    Xenófobo é capaz de ser mesmo… Então não é que o homem fez um cartaz diferente para os nativos (em azul)!😆

  2. 2 aNtónio Abril 11, 2007 às 11:18 pm

    A sério? Cá para mim achou-se com piada, foi o que foi. Não o sabia era portista🙂

  3. 4 aNtónio Abril 14, 2007 às 9:38 am

    O homem andou a ler o “buzzmarketing” e está cheio de ideias brilhantes. Quem deve espernear é a oposição…

  4. 5 O do costume Abril 24, 2007 às 1:20 pm

    bem, se o objectivo é chamar a atençäo, há maneiras bem mais educadas…

    mas parece que lá por Ponte de Lima eles lêm livros acerca do “buzz marketing” e tentam incrementar a visibilidade das formas menos… boas! Já o outro para aumentar a circulaçäo do belogue mete uma entrada com um nome sugestivo e foto-montagens ainda mais sugestivas… !

    se a oposiçäo esperneia, será talvez por reconhecer que os limianos se deixam cativar com estas baixezas, logo, näo há argumento inteligente que resista…

    Mas pronto, também näo sei qual é a celeuma acerca da mensagem:
    “aviso: näo queremos cá porcalhöes”
    seria melhor???

  5. 6 aNtónio Abril 24, 2007 às 11:15 pm

    Aí é que falhas. Chamar porcalhões é deselegante e rude. Nova a forma do imperativo utilizada “vá-se”. Isto sim é elegância!

  6. 7 O do costume Abril 26, 2007 às 3:25 pm

    Tu é que falhas.
    Eu perguntei
    “qual o problema? chamar ‘porcalhöes’ seria melhor?”,
    logo, digo q a mensagem do Xö Prelzidente da Cambra näo tem nenhum problema.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




News Feeds

a

Calendário

Abril 2007
M T W T F S S
« Mar   Maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Estatística

  • 2,012,809 hits

%d bloggers like this: